Dotô, tem como saber se tenho ebola?

Caros pacientes, a Organização Mundial de Saúde (OMS) aprovou hoje um teste rápido para detecção do vírus ebola! Isso é uma vitória para os países da África Ocidental, onde o vírus ebola continua matando pessoas e se alastrando na população. O kit será distribuído nos países afetados, podendo ser utilizado nas emergências onde estão acontecendo os surtos.

Embora o vírus ebola também possa ser detectado através da detecção do material genético (RNA), que é muito mais preciso, possui uma metodologia mais complexa e precisa ser feitos em laboratórios e por pessoas preparadas. Assim, o diagnóstico final pelo material genético demora mais, podendo levar de 12 a 24 horas para ser feito.

Já o teste rápido é, como o nome diz, muito mais rápido! O teste demora 15 minutos para ser feito, e detecta uma proteína do vírus, ao invés do RNA. Quando comparado com a detecção do RNA, o teste rápido é capaz de identificar 92% dos pacientes infectados com o e ebola e descartar 85% das pessoas não infectadas.

Embora esse teste rápido da OMS seja menos preciso, ele consegue ser rápido, fácil de executar e, o mais importante, não precisa de equipamentos nem eletricidade para ser realizado! Pode ser usado tanto em locais com estrutura mais precária, locais remotos e unidades móveis. Porém, o Dotô alerta que sempre que possível o teste rápido deve ser confirmado pela detecção do RNA.

 GLOSSÁRIO

RNA: ácido ribonucleico, que corresponde ao material genético do vírus ebola

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

Nota da OMS sobre o teste rápido: First Antigen Rapid Test for Ebola through Emergency Assessment and Eligible for Procurement. Disponível em: http://www.who.int/medicines/ebola-treatment/1st_antigen_RT_Ebola/en/ Acessado em: 20/02/2015.

Pacientes, curtam esse vídeo com uma música sobre o Ebola, é bem bonito e explicativo, não se esqueçam de colocar a legenda no youtube: